26 de Setembro de 2017
Socioeducativa (SE)

Enquadramento Geral

Integrada nos apoios de educação especial, a resposta socioeducativa, visa o acompanhamento e apoio especializado a prestar a alunos com limitações significativas ao nível da atividade e participação, num ou vários domínios de vida decorrentes de alterações funcionais e estruturais, de carácter permanente (comunicação, autonomia, aprendizagem, mobilidade, relacionamento interpessoal e participação social).

Requisitos de entrada

  •  Referenciação feita pela equipa dos apoios educativos do Agrupamento de Escolas (Escola Básica e Secundária de Ourém); e dos estabelecimentos de Ensino Privado;
  •  Idade entre os 6 e os 18 anos;
  •  Ser aluno com limitações significativas ao nível da atividade e participação, num ou vários domínios de vida, decorrentes de alterações funcionais de carácter permanente (integrado no Decreto-lei n.º 3/2008).

Áreas de Intervenção:

  •  Educação Física
  •  Fisioterapia
  •  Psicologia
  •  Psicomotricidade
  •  Serviço Social
  •  Terapia da Fala

Os alunos são agrupados consoante o nível etário, interesses e capacidades. O apoio é individualizado e consoante as suas necessidades são definidos os apoios terapêuticos, nas diversas áreas de intervenção. Para além destes apoios, participam ainda nas atividades planeadas do projeto educativo e do plano anual de atividades, de cariz socio-cultural, lúdico e pedagógico.

Legislação aplicável
Decreto-Lei n.º 3/2008,
Lei nº 21/2008, de 12 de Maio, em conjugação com a portaria 1102/97 de 3 de Novembro.

Identificação do Responsável
Coordenadora: Dr.ª Maria do Carmo Fialho Costa
E-mail: carmo@crif.org.pt